As cidades históricas de Minas tem características singulares. Nesta viagem a Ouro Preto e Mariana, tivemos algumas impressões, que valem uma postagem.  Viajamos no feriado de 7 de setembro, em 2009. Foram mais de 400km de distância daqui do Rio de Janeiro, o que rendeu mais de 6h de viagem. Passamos 1 dia em Ouro Preto e outro dia em Mariana.

Além destas 2, há muitas outras cidades nesta rota cultural de Minas, envolvendo Congonhas, Tiradentes e São João del Rey, Caso tenha mais de 1 semana disponível, é possível visitar a todas. Como só tínhamos o feriado de 3 dias, optamos por Ouro Preto e Mariana. Mais a frente, retornamos a São João del Rey e Tiradentes, com algumas outras paradas pela Estrada real. É só dar uma conferida no blog 😉


1. Como circular pelas ladeiras de Ouro Preto e Mariana

HAvaianas-e-Missoni-31Sempre ouvimos falar, mas quando chegamos na cidade, foi incontestável: não há como fugir das ladeiras.

Mesmo que tenha boa disposição física, não esqueça dos tênis mais confortáveis que tiver. No meu caso, até os tênis deixaram meus pés super inchados. Por isso, minha relíquia foram as havaianas rs

No período, enfrentamos alguma chuva. Mas, quando não chovia, o sol era escaldante. Então, dado os extremos, filtro solar, capa e garrafinha de água são muito bem vindos na bolsa.

 

2. Hotel

Ficamos no Hotel Colonial. A experiência foi ótima! O hotel, muito bem localizado, permitiu quVLUU L200 / Samsung L200e, por exemplo, eu subisse rapidamente para trocar a fralda do bebê e, 15 minutos depois, descesse para prosseguir o roteiro.

Este hotel fica no centro mesmo, onde estão as principais atrações culturais. Também, próximo aos principais bares, restaurantes e lojinhas.

Logo após fazermos qualquer compra, subíamos no quarto para guardar as coisas (evitando se deslocar com sacolas, etc). Ou, após aquele jantar perfeito – onde a preguiça de se locomover é quase inevitável – voltávamos rapidamente para o quarto.

Ou seja, localização é uma poderosa aliada durante a viagem.

 

3. Pontos turísticos

obs: Esta imagem não está muito boa pois foi um print de uma filmagem =P No caso, não são permitidas fotos. Naquele dia, um dos instrutores, excepcionalmente, nos permitiu uma única tomada.

Ouro Preto, especialmente, possui uma variedade de pontos culturais para visitação. A maioria cobra taxa de visitação. Muitos se assemelham. Alguns se destacam bastante, onde recomendamos:

  •  Igreja do Pilar (interior todo esculpido em ouro, tomando por base a cultura barroca)
  • Museu dos Inconfidentes e Praça Tiradentes.
  • Passeio de Maria Fumaça. Se quiser ir cedo, compre 1 dia antes. Esgotam rapidamente, principalmente em feriados.

Há opção de charrete fazendo tour pelo centro, poupando de uma boa caminhada pela cidade. Isso é um gosto muito particular. Eu, pessoalmente, adoro caminhar pois penso que enriquece a experiência. Mas fica esta alternativa também!

 

4. Se estiver com crianças

Sempre que chegamos numa nova cidade, uma das 1as preocupações é conseguir o mapa turístico da cidade.dicas-ouropreto-2

2 vias adicionais ficam com meus garotos (afinal, é o mapa do tesouro deles, garantindo o espírito de aventura rs)

Isso, e algumas guloseimas +livrinhos de pintura (aqueles baratinhos de banca de jornal mesmo) na bolsa são boas formas de incluí-los nos roteiros, sem que se torne entediante para o público infantil.

 

5. Culinária & Compras

Comida mineira “é bom demais, sô”. Feijão tropeiro, frango com quiabo, doces mineiros…todos estes quitutes fazem parte da gastronomia regional. Os preços são acessíveis, mesmo nos estabelecimentos mais requintados, o que faz da culinária uma atração à parte.

Além disso, muitas lojinhas de artesanato (especialmente de pedras) encantam os turistas. Um dos destaques das feirinhas eram peças em pedra-sabão, assim como as lojas de pedras preciosas. Uma opção também é compras pedras preciosas diretamente nas minas, a preços imbatíveis. Porém, fique em alerta!

http://www.forumdigitalfoto.com/showthread.php/2852-Mina-de-ouro-%28interior-de-uma-mina-de-ouro%29No última dia que nos restou, tentamos conhecer a Mina Chico Rei. Um pequeno vagão nos levaria para o interior da mina, desembocando num lençol freático. Assim que chegamos, estava interditada pois faltara energia e estavam ajudando o último grupo a evacuar a mina, pelo caminho de emergência.
Pasmei! Encontrei esta imagem aqui do lado na web e postei aqui apenas para ilustrar.

6. Muita Cultura

Não é uma praia, não é uma cachoeira, não é um centro nos moldes buziano (Rua das Pedras, Búzios) …bandeira-inconfidencia-mineira

Ouro Preto e Mariana (assim como Tiradentes, Congonhas, São João del Rey – conforme visitamos em outro momento) são cidades históricas, que respiram cultura, boa mesa, artesanato e a simpatia ímpar dos mineiros.

O cenário remonta a um período de ápice na história brasileira..a extração do ouro, a influência do Barroco, a riqueza intelectual em torno dos Inconfidentes e da Maçonaria. É um museu a céu aberto, que inspira reflexões e acrescenta uma enorme riqueza cultural.

Júlia Soares

Júlia Soares

Sou redatora especializada em turismo e lazer. Decidi unir minhas paixões com a minha profissão, o que me trouxe até aqui: um portal completo e dinâmico com as principais cidades para se fazer turismo =)
Júlia Soares
Compartilhe: