Campos do Jordão é um daqueles destinos românticos que combina o charme da serra com o requinte da arquitetura e gastronomia, voltado especialmente para os paulistas (que já são conhecidos por ter melhor poder aquisitivo, sem querer generalizar). A cidade mostrou-se um destino bem caro comparado às demais cidades que visitamos aqui no Brasil, e estamos supondo que se deva a isso. Hospedagem cara, comida cara, menos atrações naturais mas inegavelmente charmosa e, com certeza, vale um fim de semana. Talvez não tão famosas quanto, as vizinhas São bento de Sapucaí, Gonçalves e Santo Antônio do Pinhal valem uma esticada da viagem, fechando um circuito bem aprazível da Serra Paulista, divisa com Minas.

camposdojordao01
Pórtico de Campos do Jordão
camposdojordao
Vista do Morro do Elefante

Chegando na cidade, o Centro de Capivari é, sem dúvida, o point, concentrando opções diversas de restaurantes e lojas. Na praça do teleférico, é possível subir até o Morro do Elefante para vistas panorâmicas. Se tiver medo de altura, não se preocupe, tem um caminho alternativo por carro, que sobe até o mesmo ponto, sem problemas. Voltando à “parte baixa”, pode emendar até a feirinha de artesanato (com opções razoáveis se tiver esquecido sua luva ou gorro para se proteger do frio à noite). Ali também tem o passeio de ônibus turístico que faz um tour bem completo em volta das principais ruas da cidade, mostrando toda a arquitetura, levando até a Ducha de Prata – uma queda d’água artificial.

camposdojordao20
Teleférico – Morro do Elefante

Além do tour pelo Centro e ruas de Campos do Jordão, os outros 2 ícones turísticos são o passeio de trem para Pindamonhangaba e passear no Horto Florestal. Não fizemos o passeio de trem/maria fumaça que sai das proximidades da praça central (ingressos esgotados), mas seguimos de carro até o Horto, o que levou em torno de 20 minutos. Apesar de a alta temporada ser no inverno, fomos no Carnaval e em setembro. No Carnaval, por conta das chuvas, o Horto estava mais bonito, mais verdejante e as hortências com cores mais vívidas.

camposdojordao11


Não almoçamos no Horto, mas saindo de lá, no retorno à Capivari. Foi um restaurante na beira da estrada, divulgando a melhor costela no bafo da região. Não nos arrependemos, os restaurantes nos pontos principais são normalmente mais cheios e caros, então arriscamos na estrada que, por sinal, tem outras opções também.

À noite, a cidade assume um ar mais elegante, toda iluminada, regada a rodízios de fondue e cervejas artesanais da Baden.

camposdojordao14
Noite em Capivari – Campos do Jordão

DICAS

Localização do Hotel

À noite, dependendo principalmente da época, é difícil conseguir vaga. Por isso, se puder se hospedar próximo ao centrozinho, economizará horas procurando vaga, ou pagando taxas absurdas de estacionamento. Se o hotel estiver longe, considere os táxis da praça; podem ser ainda mais interessantes se for rachar a corrida com amigos.

Clima e Moda

Campos do Jordão é uma cidade serrana, logo, inevitavelmente, temos as temperaturas extremas do clima de altitude: bastante calor nos dias de sol durante o dia, e muiiiiito frio à noite. No Carnaval, a temperatura não ficou tão extrema quanto em setembro, quando pegamos 4 graus. A moda da cidade transborda em botas, sobretudos e luvas à noite, enquanto o tênis pode ser seu melhor amigo ao longo do dia (seja para caminhar no Horto ou fazer as trilhas mais distantes da cidade).

Preços

Se você é um turista econômico, esteja precavido. No que diz respeito à alimentação, tudo nos pareceu caro. Os rodízios de fondue vinham em porções pequenas e preços altos; quando somados às taxas de couvert e serviço, chegaram a dobrar em comparação a cidades serranas fluminenses, por exemplo.

Arredores

2 dias foram suficientes para passear pela cidade. Mas, nas proximidades, temos algumas charmosas cidades de interior, as quais descrevemos nos próximos posts: São Bento de Sapucaí, Gonçalves e Santo Antônio do Pinhal.

Júlia Soares

Júlia Soares

Sou redatora especializada em turismo e lazer. Decidi unir minhas paixões com a minha profissão, o que me trouxe até aqui: um portal completo e dinâmico com as principais cidades para se fazer turismo =)
Júlia Soares
Compartilhe:
  • Caroline

    Olá, Júlia!
    Eu e meu marido iremos para Campos do Jordao em Setembro, chegaremos num domingo e sairemos na terça. Ouvimos dizer que, às segundas, tudo fica fechado na cidade. Será que essa informação procede?
    Muitíssimo obrigada pela atenção!

    • Júlia e Lucas Blog Viagem

      Oi, Caroline! Tudo bem? 😉
      Nós é que agradecemos sua visita!
      Fomos justamente no feriado de 7 de setembro, mas naquele ano, caiu numa 6a a domingo.
      Por isso infelizmente não tivemos a experiência de passar uma 2a lá para te confirmar direitinho.
      Agora em 2015, o 7 de set cairá bem numa 2a. Como já será um feriado, é possível que alguns locais fiquem fechado.
      O Horto ficará aberto, segundo esse site: http://www.ambiente.sp.gov.br/parque-campos-do-jordao/#_=_
      De repente, a dica é escolher antecipadamente os locais que pretendem ir na 2a, e entrar em contato com eles previamente para confirmar se estarão aberto 😉
      Esperamos que dê tudo certo, uma ótima viagem!

  • João Batista

    Olá, boa noite.
    Estarei indo com minha esposa para Campos do Jordão dia 04/09 e retornado dia 07/09. Vou ficat no Hotel Nacional Inn, distante de Capivari 1,5km. É seguro ir a pé a noite?

    Obrigado.

    Att.

    João.

    • Júlia e Lucas Blog Viagem

      Oi, João! Tudo bem?
      Desculpe-nos responder apenas agora. Acabamos de chegar de Ibitipoca e lá é muito difícil conseguir sinal de internet. A propósito, a qualquer momento, estaremos publicando sobre lá 😉
      Achei a distância um pouco grande para fazer a pé à noite. A cidade é tida como segura, mas à noite, nem sempre temos muita disposição, especialmente se estiver muito frio, bebido muito vinho ou se o dia tiver sido muito cansativo. Mas isso certamente depende de cada um.
      Esperamos que tenha tido uma ótima viagem, sinta-se à vontade para comentar aqui ou em nossas redes sociais! 🙂

  • leonardo freitas

    olá boa tarde, estou indo dia 18 e retorno dia 21 setembro de 2015… mais estou um pouco medo relação a preços, pois pesquisando na internet, tem depoimentos de um jantar p 2 pessoas por 250 reais… pastéis por 28 reais, pizzas por 110 reais…. vcs tem dicas de lugares bons com preços acessiveis.

    desde já agradeço…leonardo

    • Júlia e Lucas Blog Viagem

      Olá, Leonardo! Tudo bem?
      Obrigada por visitar nosso blog 😉
      Bom, realmente esses preços assustam. Como dizemos aqui, ainda viajamos com 2 filhos que comem muito, então adotamos algumas práticas quando o destino é mais caro. Vale levar uma mochila com lanches e passar em mercados da cidade próximos para reabastecer (biscoitos, barrinhas,sucos de caixinha) Isso é bom para não depender apenas de refeições generosas, o que tende a elevar consideravelmente o custo da alimentação na viagem, principalmente se for uma pessoa com mais apetite.
      O Centro é mais caro, mas se buscar restaurantes mais afastados, a tendência é que sejam mais baratos.
      Excepcionalmente, no centrozinho de Capivari, encontramos o Pizza Ao Quadrado, que fica no miolo e tem opções mais acessíveis. Fica próximo do Shopping de Capivari e pode ser uma boa opção para não sair do miolo sem gastar muito. Eles vendem pedaços de pizza no formato quadrado em vez do tradicional redondo. É ótimo para fazer frente aos preços mais exorbitantes.
      Agora se quiser tirar um dia para jantar num restaurante mais badalado, achamos o Baden muito bom. Não é muito barato, mas acredito figurar entre os menos caros dentre os famosos.
      Outro hábito que temos é pedir pr olhar o menu dos restaurantes quando passeamos mais cedo, informando que estamos dando uma olhada para mais tarde, que ainda iremos nos arrumar para retornar. Assim, conseguimos dar uma pesquisada sem aquela pressão do garçom para entrarmos logo em seguida rs Esperamos ter ajudado, uma ótima viagem! 🙂

  • Juliane

    Boa Tarde

    Júlia e Lucas!!!

    Gostaria de saber se vocês podem me ajudar em relação a estacionamento no centro de capivari. Se tem, se é caro…etc. Obrigada.

    • Júlia e Lucas Blog Viagem

      Olá, Juliane! Tudo bem? 😉

      Na nossa última viagem para Campos do Jordão, estacionamos o carro em 1 das noites em Capivari, num dos estacionamentos. Mas não era barato, não. Por isso, nos dias posteriores, paramos em rua próxima, uns 300m do centrozinho. Ou seja, andava um pouquinho, mas fugia dos preços abusivos de estacionamento (pelo menos comparando à demais cidades que visitamos, o estacionamento de Campos do Jordão era dos mais caros).

      Na época que viajamos, não tinha Lei Seca. Talvez seja válido consultar seu hotel se estão ocorrendo por lá tb. Neste caso, tinha um ponto de taxi no centro da Vila de Capivari. Alguns hotéis e restaurantes tem serviço de transfer, então essa pode ser uma opção tb 😉 Boa viagem e bem vinda ao nosso blog! 🙂

  • ygor prado monteiro

    Boa noite,
    Gostaria de saber como é o trânsito em Campos do Jordão? É possível trafegar de carro no centro da cidade?
    Há estacionamentos públicos?
    Obrigado.

    • Júlia e Lucas Blog Viagem

      Olá, Ygor! Boa noite!
      Bom, nas viagens que fizemos não tivemos dificuldade para trafegar, não.
      Há estacionamentos pagos, mas também encontramos vaga na rua, especialmente em avenidas paralelas à principal, próxima a linha férrea.
      O que fizemos foi estacionar o carro numa avenida e circular a pé pelo centro. Não é tão grande e conseguimos caminhar com bastante tranquilidade.
      Caso deseje circular para mais longe do Centro, o carro realmente será importante e facilitará bastante 😉
      Esperamos ter ajudado, boa viagem!