O título ficou grande, mas é isso mesmo. Miguel Pereira, Fragoso, Paty do Alferes, Videiras e Petrópolis fizeram parte de uma rota turística que percorremos este domingo. Ou seja, 10 horas conhecendo um pedacinho menos conhecido da serra de carro. Saindo do Rio e voltando no mesmo dia, mas parando em locais agradáveis para respirar um ar diferente e sair da rotina.

A surpresa inicial foi a estrada. Entrando na Dutra, a partir de Japeri, vislumbramos uma natureza incrível nos acompanhando pela estrada. Mas vale lembrar a necessidade de muita cautela pois a estrada é extremamente sinuosa e sem sinalização/proteções. Tanto que não cogitamos voltar à noite por ela.

 

miguelpereiraepatydealferes03
Lago Javery – Miguel Pereira

Chegando em Miguel Pereira, observamos o Lago Javery, que é sem dúvida o ponto turístico da cidade. Nos arredores, não encontramos outro ponto. O comércio pareceu ainda incipiente. O grande destaque na região são os hotéis-fazendas, que oferecem toda a infra estrutura de lazer aproveitando a natureza da região. Fora isso, vejo a cidade mais com uma parada do que um destino.

Saindo do lago, fomos procurar por cachoeiras mas não havia sinalização e nem todo morador da região soube sequer confirmar se haveriam cachoeiras para conhecer o.O Bom, seguimos uma placa em direção a Fragoso, onde nos encantamos com estradas cada vez mais rústicas. Num determinado trecho, havia escadas para a Cachoeira Poção. Uma queda d’água num trecho agradável.

miguelpereiraepatydealferes07
Centro em Fragoso , nas proximidades de Miguel Pereira

Retomamos a estrada em direção a Paty de Alferes e observamos os vales montanhosos até chegar em Videiras. O Vale das Videiras descrevemos em outro post. É um lugar mágico, como se fosse o ápice em meio a um mar de morros. Ali, já temos opções gastronômicas e artesanais.

Serra Fluminense: Miguel Pereira, Paty de Alferes, Araras e Vale das Videiras
Serra Fluminense: Miguel Pereira, Paty de Alferes, Araras e Vale das Videiras

 

miguelpereiraepatydealferes09
Chegando no centro do Vale das Videiras

A 30 minutos dali, chegamos em Petrópolis, um destino ímpar na serra fluminense. Jantamos em Petrópolis e retornamos ao Rio por lá, o que foi ótimo pois a estrada é muito mais bem preparada para uma viagem com segurança (iluminada, sinalizada e segura).

petropolis01
Centro em Petrópolis

Para quem gosta da estrada, simplesmente pela sensação de ali estar, é uma rota que vale a pena  =)

Júlia Soares

Júlia Soares

Sou redatora especializada em turismo e lazer. Decidi unir minhas paixões com a minha profissão, o que me trouxe até aqui: um portal completo e dinâmico com as principais cidades para se fazer turismo =)
Júlia Soares
Compartilhe: