Quando se está no Rio de Janeiro e bate a vontade de subir a serra, pensamos normalmente em Petrópolis ou Teresópolis. No entanto, uma cidade repleta de opções e igualmente charmosa é Nova Friburgo.

São muitas cidadezinhas adjacentes e distritos que formam variados circuitos. Como normalmente fazemos aquele bate e volta, escolhemos alguns e reservamos os próximos sábados para sair da rotina.

O primeiro ponto de parada é o mirante Boca do Mato, localizado logo na subida:

novafriburgo01
Mirante Boca do Mato
novafriburgo002
Mirante Boca do Mato

Neste sábado, saímos cedo e, em menos de 2h, entramos no Circuito Gastronômico de Mury. Um dos acessos a Friburgo se dá pelo lado de Mury, um de seus distritos. E é ali que começa um dos circuitos turísticos sugeridos, com várias opções de restaurantes.

Logo mais, temos o Circuito da Ponte Branca, ou seja, um dos principais pólos comerciais, concentrando diversas lojas de lingerie e sex shop, vendendo tudo a preço de fábrica. Por isso, é um dos principais pontos de parada de ônibus que trazem sacoleiras de todas as partes para comprar grande quantidade de peças da melhor qualidade – a região é um pólo industrial neste segmento.

novafriburgo04
Pólo de Moda íntima – Circuito da Ponte Branca, em Nova Friburgo

 

novafriburgo03
Pólo de Moda íntima – Circuito da Ponte Branca, em Nova Friburgo

 

Saindo da Ponte Branca (Circuito Turístico de Moda Íntima Ponte da Saudade), seguimos em direção ao Centro, onde nos deparamos com o Country Club de Nova Frinurgo. Este parque foi projetado pelo mesmo paisagista idealizador da Quinta da Boa Vista, logo a sensação era de passearmos pelo mesmo estilo de parque, com amplos gramados, pontes singelas, tudo cercado pelo verde e clima ameno do outono. O clube é palco de eventos, mas os jardins são abertos ao público (entrada franca, pagando apenas o valor do estacionamento). E, assim, caminhamos por ali antes de seguirmos para o centro turístico.

novafriburgo02
Country Club Nova Friburgo

 

novafriburgo08
Country Club Nova Friburgo

 

novafriburgo09
Country Club Nova Friburgo

 

Foi quando consultamos, assim como quem não quer nada, o aplicativo do Trip Advisor e vimos que ali perto estava o Circuito da Caledônia. Jogamos no waze e não tivemos problemas. Partindo do bairro da Cascatinha, tem-se uma estrada bem íngrime em direção ao Pico da Caledônia. São cerca de 20min de carro, numa estrada bastante estreita, rumo a um dos principais mirantes. Neste dia, estava um tanto deserto, por isso fomos direto ao topo, filmamos rapidamente e regressamos. Precaução nunca é demais, ainda mais nestes tempos de tantas notícias ruins sobre trilhas e rotas menos utilizadas sendo alvo de assaltos. O visual valeu a pena, é uma cordilheira sem fim vista do alto da serra, a temperatura chega a parecer gélida e o verde é estonteante!

novafriburgo11
Pico da Caledônia – Circuito da Caledônia

 

De volta ao centro, vimos que o estádio Friburguense estava aberto, então não pudemos deixar de espiar 😉

novafriburgo10
Estádio Friburguense

 

De lá, seguimos para o Friburgo Shopping.

novafriburgo07
Shopping de Nova Friburgo

Estacionamos o carro e descemos para o Centrinho – Circuito do Artesanato em Nova Friburgo . Ali, logo na praça, perto do antigo teleférico, são diversos bares e restaurantes. É na rua central que ferve o comércio. Na praça, são as pracinhas e feiras de artesanato que transbordam de charme, enquanto todas as lojinhas nas redondezas dão o tom do movimento:

novafriburgo05
Centro de Nova Friburgo

 

novafriburgo06
Feira de artesanato – Centro de Nova Friburgo

É possível dormir por lá e curtir a noite. Ou, quem deseja regressar ao Rio, a estrada é tranquila. Não é tão iluminada como esperamos, mas o retorno foi até mais rápido. Não encontramos 1 ponto sequer para parar o carro e lanchar, tomar um café, então fica o alerta..abasteça-se por Friburgo mesmo. Nos próximos posts, falaremos sobre nosso retorno à cidade para conhecer os demais circuitos!

 * Circuito Lumiar e São Pedro da Serra

Júlia Soares

Júlia Soares

Sou redatora especializada em turismo e lazer. Decidi unir minhas paixões com a minha profissão, o que me trouxe até aqui: um portal completo e dinâmico com as principais cidades para se fazer turismo =)
Júlia Soares
Compartilhe: