Menos conhecido que o Jardim Botânico, o Parque Lage não deve em nada em termos de belezas naturais. Certamente, é bem menor, mas a mata é mais densa, mais fechada, o que o torna mais genuíno =)

A entrada ao Parque Lage é gratuita, e tem estacionamento dentro do parque. Ali está sediada a Escola de Artes Visuais (EAV) em torno de uma construção imponente, onde eventualmente encontramos amostras/exposições, mas principalmente um ar hippie-cult que combina completamente com a natureza ao redor. Para quem nasceu na década de 80 e viu Lua de Cristal, certamente recordará o cenário quando entrar no pátio do EAV rs

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=DRk7CeyBVEo[/youtube]É nesse ambiente que se tornou famoso o café da manhã do Café do Lage; Alternativamente, grupos fazem piquenique nas áreas de lazer do parque. Opções de trilha leve, lagos, aquário e construções rochosas naturais são tão comuns quanto jacas e micos.

Crianças podem se divertir no parquinho, fotógrafos conseguirão tomadas incríveis e apreciadores da natureza poderão se inspirar nas grutas e ruínas espalahadas pelo parque. O parque fica nos pés do Morro do Corcovado, de modo que o Cristo Redentor participa previsivelmente dos cenários e paisagens descortinados ao longo do passeio.

caminhada-parquelage


O parque é pequeno e pode ser conhecido em menos de 1hora. A pouco menos de 2 km, está o Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Mas este já pede uma postagem exclusiva… 😉

Júlia Soares

Júlia Soares

Sou redatora especializada em turismo e lazer. Decidi unir minhas paixões com a minha profissão, o que me trouxe até aqui: um portal completo e dinâmico com as principais cidades para se fazer turismo =)
Júlia Soares
Compartilhe: