Aproveitamos o feriadão de abril para passar 5 dias na capital da Bahia. Bom, de um modo geral, a viagem surpreendeu. Perto da capital, é possível conhecer praias realmente encantadoras e conciliar vários estilos de turismo em uma única viagem. Salvador tem a energia ímpar do centro histórico – o Pelourinho; o litoral da Estrada do Coco se torna especialmente charmoso na Praia do Forte – seja pelo vilarejo ou pelo Projeto Tamar; logo acima, na Linha Verde, tivemos a deliciosa surpresa de ver o rio desaguar no mar em Imbassaí; isso sem falar nas piscinas naturais das praias de Arembepe e Guarajuba. Tudo isso regado à gastronomia e simpatia da cultura baiana.

Nessa viagem, tivemos 2 achados fundamentais para que os dias pudessem render de forma tão especial:

1 – Ter alugado um carro

2 – Hospedagem no Catussaba Resort

OK, aluguel de carro não é lá um achado, mas foi fundamental no nosso caso. Salvador em si não nos pareceu uma das cidades top de turismo; tinha muitas favelas, era bem suja, fomos assediados o tempo todo por vendedores, flanelinhas, pedintes…Com exceção de pontos turísticos específicos (Farol da Barra, Pelourinho, Igreja do Bonfim), confesso que havia um sentimento de insegurança bem latente…Não me hospedaria no Centro. Ficamos num resort em Itapuã, a cerca de 30km de Salvador.

Itapuã em si é pequena e a praia, apesar de paradisíaca, não é boa para banho, pois é bem forte. Também estava muito tumultuada quando a conhecemos, com aqueles carros de som nas alturas tocando funk, muito distante do cenário pintado pela música de Vinícius de Moraes…

Itapuã foi uma boa escolha na medida em que estava a 30Km de Salvador, e 60km da Praia do Forte. Por isso, era estrategicamente interessante. Não havia um centro forte para passarmos a noite, porém depois de turistar o dia inteiro, nada como uma boa noite de sono para o dia seguinte. E, nisso, o resort foi ótimo. Deixamos um post só para ele aqui.

Como ficou nosso roteiro

1o dia – Chegamos no hotel na 6a feira.

2o dia – Passamos o dia na Praia do Forte. Além do vilarejo perfeito (um enorme centro gastronômico, muito comércio regional, feirinhas, artesanato, quiosques), e do Projeto Tamar, as praias são ótimas para banho. Se conhecê-la na maré baixa, as piscinas naturais serão a grande atração.

3o dia – Passamos o dia em Salvador. Fizemos o seguinte circuito: Farol da Barra – Igreja do Sr de Bonfim – Forte Montserrat – Pelourinho, Elevador Lacerda e Mercado Modelo. Voltamos antes das 16h para Itapuã, onde conhecemos praias próximas (Itapuã e Flamengo)

4o dia – Seguimos rumo à Linha Verde/Estrada do Coco. Conhecemos as praias de Arembepe, Guarajuba e Imbassaí.

5o dia – Voltamos para o Rio

Para explorar tudo isso, e considerando que somos 4, o carro foi sem dúvida o grande facilitador. Por isso, no próximo post, vamos relatar nossa experiência para aluguel de carro lá, alertando sobre algumas dicas e cuidados 😉

Júlia Soares

Júlia Soares

Sou redatora especializada em turismo e lazer. Decidi unir minhas paixões com a minha profissão, o que me trouxe até aqui: um portal completo e dinâmico com as principais cidades para se fazer turismo =)
Júlia Soares
Compartilhe: