Sábado passado, passamos o dia em Niterói, cidade vizinha do Rio de Janeiro. Se não estiver de carro, pode pegar a barca na Praça XV. Se estiver de carro, é só cruzar a ponte Rio-Niterói.

A cidade é muito agradável, e talvez mais intimista que o Rio já que parece ser menor. Nesse altíssimo verão de Janeiro, o Rio ferve, não só pelo calor, mas pela quantidade elevadíssima de turistas em todos os pontos turísticos (e não turísticos também…). A cidade fica lotadíssima, o trânsito se intensifica, os preços voam…então quem mora aqui, pelo menos no nosso caso, busca refúgios nos fins de semana. E Niterói pode ser um deles…

Saindo da Ponte, passando pelas barcas, sentido ao Caminho do Pescador..chega-se ao MAM. O percurso é muito agradável, seja pelo formato instigante do museu, pelo litoral ventilado..ou simplesmente pela vista para o Rio de Janeiro.

Dali, tem-se a orla de Icaraí que é, grosso modo, a Copacabana de Niterói. Se estiver com fome, tem o Shopping de Icaraí (afinal, toda praça de alimentação costuma ser democrática). Ou, mais adiante, o pólo gastronômico de São Francisco, com diversidade de restaurantes de frente para praia.

Uma diferença do litoral de lá para o daqui talvez seja que temos a sensação de algo mais tranquilo. Tem movimento, sim…mas não tão intenso como no Rio. É como se o Rio fosse mais frenético, mais agitado..enquanto na Terra de Araribóia, é possível desacelerar e relaxar.

Antes de comer, fomos ao Parque da Cidade, com mirantes espetaculares e ponto de parapente. Estava movimentado, possui lanchonete, centro de visitação e o clima é um oásis em meio a este verão escaldante. Muita sombra, muito vento e vistas incríveis para assistir ao Pôr do Sol.

Se tiver mais tempo, Niterói tem um circuito de fortes e as praias da Região Oceânica. Mas sobre estas opções, falaremos adiante 😉

Júlia Soares

Júlia Soares

Sou redatora especializada em turismo e lazer. Decidi unir minhas paixões com a minha profissão, o que me trouxe até aqui: um portal completo e dinâmico com as principais cidades para se fazer turismo =)
Júlia Soares
Compartilhe: